quarta-feira, 17 de maio de 2017

O ANTICONSPIRACIONISTA

O ANTICONSPIRACIONISTA

Procuro parecer bem preocupado
Com factos insondáveis aos pequenos.
Porém, trato os vulgares com somenos
E os mais cheios de razão deixo de lado...

Deveras, estou muito atarefado
Em ser nas trevas luz ou, pelo menos,
Fazer crer aos espíritos amenos
Que um mistério será sim revelado.

Às voltas com grandíssimos problemas,
Decifro os intrincados teoremas,
Que se ocultam por trás das globais redes.

Só eu vejo da trama cada indício...
Não obstante trancado n'um hospício,
Escrevendo com fezes nas paredes.

Betim - 15 05 2017