sábado, 1 de abril de 2017

FALÁCIAS

FALÁCIAS

Não me toques, não me sintas!
Puseste tudo a perder...
Não me fales, não me mintas!
Dizer palavras distintas
Não mudam o que se quer.

Tua mão está tão fria,
Que me tem estremecido...
Tua fala é tão vazia,
Que mesmo a tua alegria
Só me deixa entristecido.

Quando me tocas eu sinto
Que já não me amas nem queres.
Quando me falas desminto
Falácias que por instinto
Sabem dizer as mulheres.

Quando te toco, porém,
É como tocasse em gelo...
Quando te falo também
É como falasse a alguém
Que me quer o amor sem tê-lo.

Porque ao toque já se sente
Qual emoção a alma traz.
Ou porque à fala que mente
Vãs palavras simplesmente,
Não mudam o que se faz.

Betim - 01 04 2017