quinta-feira, 23 de março de 2017

ANTEONTEM

ANTEONTEM

Acaba de acabar, mas permanece
No ardor d'esse passado tão recente,
Como se ainda em mim fosse presente
Ou ainda do meu lado ela estivesse.

Depois de hoje e ontem, tudo desconhece
O sentimento por dentro da gente,
Vivendo no passado do presente
Entre o que aconteceu e o que acontece.

Eu sigo em frente como todo mundo,
Embora sem saber aonde vá
A ver ser ver verdade aqui ou lá.

De memória, contudo, me confundo
Tamanhas as tristezas e alegrias,
Que se alternam apenas em dois dias!

Betim - 23 09 1998