quinta-feira, 23 de março de 2017

LABORLATRIA

LABORLATRIA

O trabalho é um deus que se ama e odeia,
Visto que sirva aos homens de medida...
Não por só pelo dinheiro gasta a vida
Quem se vende por vã pataca e meia.

Assim, caem como moscas sobre a teia,
No afã de s'encontrar uma saída
Para, entetido da hora da partida,
Viva sem perceber quanto o rodeia.

Uns dizem que o trabalho é deus ateu;
Outros, no pragmatismo mais plebeu,
Veem útil o servir mesmo que em vão.

Aqueles que trabalham noite e dia,
Todo imersos na própria fantasia
De sempre necessários... Só que não!...

Betim - 22 03 2017