segunda-feira, 2 de janeiro de 2017

SALVO-CONDUTO

SALVO-CONDUTO

-- “E agora?” -- Eu te pergunto e me pergunto...
Ir em frente parece dar em nada!
E embora atrás não haja mais estrada,
Acabo, andando em círculos, consunto.

Os vestígios e indícios que ora ajunto
Ao longo de tão longa caminhada
São para quando e se ao findar jornada
Ter da história mais factos do que assunto.

Documento meus passos pela terra
Enquanto eu atravesso em meio à guerra
As duas frentes d'uma só batalha.

Se traição é questão tão-só de datas,
Na vitória há mais dores que bravatas
Tomadas das memórias d’um canalha.

Betim - 13 02 2000