domingo, 1 de janeiro de 2017

TOQUE D'ANGOLA

TOQUE D'ANGOLA

Cadencia, mestre, o berimbau
E chama o povo p'ra jogar capoeira!
Mas manda abrir a roda de maneira
A melhor se medir o bom e o mau.

Arame de aço mais vara de pau,
Que, já tensos n'um arco de madeira,
Ressoam a cabaça à tarde inteira
Com vareta e dobrão de dar o grau.

Chacoalha em tua mão o caxixi
Que ritma toda a ginga na negaça
Quando avança e recua com mais graça.

Floreia o mortal, caindo sobre si...
A seguir tua lenta percussão,
Batendo compassado o coração.

Betim - 09 08 2002