sábado, 17 de dezembro de 2016

ÊXODO RURAL

ÊXODO RURAL

Lembro que no meu tempo de menino
Uns finórios chamavam-nos de jecas.
Isso como se eles lessem bibliotecas
E tivessem de vera um gosto fino.

Bem cedo eu saí da roça... Um desatino!
Entre cabeças ocas, gentes secas...
Um lugar do qual não sabia necas
A não ser que era então o meu destino.

Cidade grande? Não... Periferias!
Em terras de demandas, carestias,
Onde de novo fui diminuído...

Tem sempre alguém achando-se melhor
Pois considera quase sem valor
Tudo o que não puder ser possuído.

Betim - 03 06 2003